Cheque especial. Como usar de forma inteligente?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
cheque especial

Saber como realmente funciona o cheque especial e quais os cuidados que se deve tomar para não criar dívidas desnecessárias é algo importantíssimo para sua vida.

A grande maioria dos bancos oferece o cheque especial para seus correntistas. Essa é uma linha de crédito, que muitas vezes serve como salvação para momentos de urgência.

Mas olhando por outro ângulo pode ser uma furada, isso porque, as pessoas não pensam muito bem nas consequências. Em outras palavras, acabam se enrolando ao pegar essa quantia disponibilizada pelas agências bancarias.

Como funciona o cheque especial?

O cheque especial é uma linha de crédito pré-aprovada oferecida pelos bancos diretamente no saldo da conta-corrente. Quando o saldo da conta chega ao fim, o cliente automaticamente entra no cheque especial.

Publicidade

E cada conta tem um valor diferente e se você usar esse valor, ele será quitado assim que o dinheiro entrar novamente em sua conta corrente, com alguns juros que muitas vezes são bem altos.

O grande erro das pessoas com o cheque especial, é não dar atenção aos juros que envolvem esse grande benefício. Afinal, ele funciona como um empréstimo, na verdade.

Por sua vez, esse empréstimo pode ter altos custos para seu bolso, no fim do mês, se você não tomar os cuidados necessários. Portanto, se quiser ficar por dentro desses cuidados, leia até o final.

Quais cuidados tomar?

cheque especial

Para não se afundar em dívidas é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro deles é estar ciente das taxas de juros do banco para esse serviço.

Publicidade

Opte por contas com um cheque especial, que atenda às suas necessidades e urgências para não utilizar além do que pode pagar. Quando for tirar o extrato do saldo de sua conta, preste atenção para nos valores.

Muitos bancos apresentam o saldo da conta junto com o cheque especial, dando a falsa impressão de que aquele dinheiro disponível é seu. Ou seja, fique de olho em sua conta-corrente.

Sempre acompanhe de perto todas as operações que realiza para ter consciência do dinheiro que possui, e do que pode utilizar caso algum dia precise.

Uma boa maneira de acompanhar as operações bancárias, e o seu saldo, é usando aplicativos dos bancos, por exemplo. Eles fornecem todas as informações quando uma transação é realizada e facilitam na hora de você acompanhar todas as movimentações.

Publicidade

Nunca se esqueça que o cheque especial não faz parte de sua renda, então nunca o considere dessa forma. Utilize o valor apenas em casos de extrema urgência, caso precise muito, e com consciência.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber as notícias mais quentes do mercado?

Concordo com o envio dos dados pessoais acima que serão utilizados pelo MoneyNews no fornecimento de conteúdo informativo e publicitário nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.