Mesada. Como educar financeiramente as crianças?

A mesada das crianças não deve ser um passatempo ou um capricho por parte dos pais, ela deve ser um instrumento de educação financeira que pode ensinar seu filho a fazer escolhas responsáveis na vida.

Através da mesada, os pequenos têm um primeiro contato com a administração do próprio dinheiro, ou seja, adquirem o senso de autonomia que irá ajudar em seu futuro.

Quando começar a dar mesada?

A mesada das crianças pode ser dada quando ela aprender a fazer contas, afinal, ela precisa ter esse conhecimento prévio antes que uma quantia seja disponibilizada a ela.

Com a grande quantidade de informações disponibilizadas hoje em dia, muitas crianças têm aprendido sobre cálculos cada vez mais cedo, portanto, cabe a você decidir o momento certo para o seu filho.

 Dinheiro real ou dinheiro virtual?

Muitas informações têm vindo ao nosso encontro nos últimos tempos, algumas até que nem imaginávamos existir um dia, e se para os adultos as vezes fica complicado lidar com algumas coisas, imagina para as crianças?

Hoje em dia além da nossa moeda nacional contamos com o chamado dinheiro digital, e esse tem sido um assunto muito comentado e polêmico.

Tudo isso porque o dinheiro digital está em alta, mas se trata de uma forma não regulamentada, usada por algumas pessoas como se fosse o dinheiro real. Em outras palavras, ela é aceita apenas entre os membros de uma comunidade virtual específica.

Muitas crianças já sabem sobre o dinheiro virtual e ficam curiosas sobre ele, mas o primeiro contato deve ser com a moeda real. O dinheiro virtual pode ser usado quando a criança apresentar desenvolvimento em sua vida financeira.

Use a mesada para ensinar a criança sobre economia.

Apenas disponibilizar uma quantia, e não ensinar o que pode ser feito com ela, não é o certo. Ensine a criança a economizar, isso irá ajudar na boa construção dos hábitos financeiros.

Pode ser muito divertido, juntar aquele dinheirinho para comprar um patins, ou outro brinquedo que ela tanto deseje. Isso vai dar mais ânimo na hora de economizar, além de ensinar o real valor das coisas.

Mesmo que você tenha como comprar tudo para a criança, ensine que o dinheiro é um recurso que se finda, portanto, quando bem utilizado pode gerar grandes recompensas. Ou seja, isso ajudará seu filho a dar mais valor.

Apesar de ser uma ótima ferramenta para educar financeiramente a nova geração, a mesada das crianças também poderá vir de outra forma que ensinará seu filho, lições bem importantes.

Ensinar seu filho a ganhar seu próprio dinheiro pode ser algo bem produtivo. A criança pode com ajuda de um adulto, fazer doces e outras guloseimas para vender, por exemplo.

Tudo como uma forma de lazer entre a família também. Todas essas dicas vão ajudar as crianças a administrar sua mesada e a ter mais consciência sobre o seu dinheiro.

Recomendados